Brasília, 23 de setembro de 2017 às 00:50
Selecione o Idioma:

Bolívia

Postado em 30/04/2017 3:57

Bolívia quer fornecer alimentos para a Rússia

.

Share Button
Por que o mercado russo atrai os produtores bolivianos?
 ALEKSÊI TCHERNICHEV, GAZETA RUSSA
Após a visita dos agricultores bolivianos a Moscou na semana passada, o gerente de estudos e projetos do Instituto Boliviano do Comércio Exterior, Juan Pablo Saucedo V., respondeu às perguntas da Gazeta Russa sobre as perspectivas da cooperação entre os dois países.
Que outros produtos bolivianos podem ter demanda na Rússia?
A Bolívia tem um potencial significativo no setor do agronegócio, especialmente porque temos produtos com alto valor nutritivo: quinoa, amaranto, cañahua e outros. Todos estes cereais andinos são uma fonte de aminoácidos.
A castanha-do-pará que é o segundo produto mais exportado pela Bolívia à Rússia – e também pode se tornar ainda mais popular. A Bolívia é o maior exportador mundial desse produto. Isso sem falar em produtos mais conhecidos, como milho, sorgo e girassol. E estamos falando apenas de alimentos, o país tem especialistas qualificados que produzem e podem exportar vestuário de matérias têxteis, produtos de couro, madeira, metais.
Rússia proíbe importação e cultivo de organismos geneticamente modificados width=
Os russos não conhecem a diversidade de produtos que a Bolívia pode oferecer. Como tornar o país mais “popular”?
Podemos resolver isso com mais verbas e melhorias nas instituições responsáveis pela promoção das exportações bolivianas. É preciso mostrar produtos que poderiam competir no mercado dos produtos saudáveis, ou que possam ser usados na indústria farmacêutica e na produção de cosméticos. Além disso, a participação ativa das feiras também pode ajudar a divulgar os produtos do país.
A Bolívia já estabeleceu contatos com os importadores russos a nível governamental ou empresarial?
As relações russo-bolivianas continuam a ser muito limitadas no âmbito do setor privado.
O volume do comércio bilateral entre os dois países é bastante baixo, mesmo em comparação com os outros países da América Latina: cerca de US$ 20 milhões por ano.
Que produtos russos têm potencial comercial no mercado da Bolívia?
Em 2016, a Bolívia comprou mais de US$ 17 bilhões em produtos russos, o que é pouco em comparação com as importações dos outros países. Compramos especialmente sulfatos de cobre, veículos off-road Lada, uréia, tratores e bobinas de papel.

http://gazetarussa.com.br/economia/2017/04/28/bolivia-quer-fornecer-de-alimentos-mais-saudaveis-para-a-russia_752911

Comentários: