Brasília, 16 de fevereiro de 2019 às 12:27
Selecione o Idioma:

Bolívia

Postado em 27/11/2015 7:05

Bolívia reduz desnutrição infantil

.

 

La Paz, 27 nov (Prensa Latina) A Organização Mundial da Saúde (OMS) reconheceu nesta sexta-feira (27) os esforços bolivianos para erradicar a desnutrição infantil, que desde 2007 caiu de 23,2 a 12 por cento.

“É uma meta histórica para toda a região”, declarou o representante da OMS Fernando Leanes durante o ato comemorativo ocorrido no Palácio de Governo com a presença do presidente Evo Morales.

Na cerimônia o chefe do Estado plurinacional recordou que quando ele era jovem e vivia em Orinoca (sudoeste), não existia a presença do Estado, pelo que as famílias, incluindo a sua, sofriam muitas necessidades como a falta de água e alimentos.

Narrou como as secas ou chuvas de granizo destruíam as colheitas e deixavam sem alimento tanto os agricultores como os habitantes da cidade, que dependiam do campo para se abastecer.

A este respeito, destacou os programas impulsionados por seu governo para compensar os produtores pela perda de seus cultivos, o café da manhã escolar sobre a base de alimentos naturais e saudáveis, os bônus Juancito Pinto e Juana Azurduy -o primeiro para os estudantes, e o segundo para as mães gestantes-, bem como do Subsídio Pré-natal Universal recentemente aprovado para as mães.

Ao retomar a palavra quase no final da cerimônia, Leanes propôs que outros países se inspirassem no exemplo da Bolívia e acrescentou que em 2025, este país poderia atingir a desnutrição zero, se persistir a vontade política demonstrada até o momento pelas autoridades.

Comentários: