Brasília, 16 de fevereiro de 2019 às 12:13
Selecione o Idioma:

Venezuela Resiste ao Império

Postado em 10/02/2019 6:53

Congressista dos EUA a Guaidó: ‘Você não pode autorizar intervenções militares americanas’

.

© Sputnik / Leo Alvarez

Depois que o opositor venezuelano, Juan Guaidó, declarou que não descarta a possibilidade de autorizar uma intervenção dos EUA na Venezuela, o congressista democrata estadunidense Ro Khanna lembrou ao autoproclamado presidente interino que não cabe a ele tomar esse tipo de decisão.

“Senhor Guaidó, você pode se proclamar o líder da Venezuela, mas você não pode autorizar intervenções militares americanas. Apenas o Congresso dos EUA pode fazê-lo. Nós não vamos fazer isso”, escreveu Khanna na sua conta no Twitter.

Ele sublinhou também que nem o presidente, nem os “funcionários neoconservadores do Departamento de Defesa”, nem os lobistas das empresas do setor de defesa “têm o poder de decidir se os EUA devem participar de conflitos militares”. “Apenas o Congresso”, sublinhou o congressista.

Anteriormente, em entrevista à agência AFP, Guaidó comentou a possibilidade de autorizar uma intervenção militar dos EUA e de outras forças estrangeiras no país para derrubar o presidente atual Nicolás Maduro, declarando que “faremos tudo o que temos que fazer de maneira soberana e autônoma para pôr fim à usurpação”.

O presidente dos EUA, Donald Trump, por sua vez, disse no domingo passado (3) que uma intervenção militar dos EUA na atual crise política da Venezuela é “uma das opções”.A crise política venezuelana se agravou em 23 de janeiro, depois que Juan Guaidó se declarou presidente interino do país durante protestos antigovernamentais realizados nas ruas de Caracas.

O líder da oposição tem sido apoiado pelos EUA, Brasil e outros países. A Rússia, China, México e Turquia estão entre as diversas nações que manifestam seu apoio a Maduro como chefe de Estado do país legitimamente eleito.

Spitnik

Comentários: