Brasília, 25 de setembro de 2017 às 10:33
Selecione o Idioma:

Oriente Médio

Postado em 10/07/2017 10:14

Erro da coalizão dos EUA na Síria mata 30 combatentes em Raqqa

.

Share Button
© REUTERS/ Rodi Said
Segundo informação de fontes nas Forças Democráticas da Síria (FDS), a coalizão internacional realizou um ataque por engano contra posições das FDS em Raqqa.

O ataque resultou em 30 mortos e 15 feridos. Um alto representante das FDS que pediu anonimato contou detalhes para a Sputnik Turquia.

“Os ataques aéreos da coalizão foram realizados em 8 de julho. Os aviões da coalizão bombardearam posições das FDS na área das muralhas de Raqqa. Na sequência do ataque morreram 30 combatentes, 15 ficaram gravemente feridos. Todos os combatentes mortos eram árabes”, disse o representante das FSD.

O comando da coalizão não sabia que a subdivisão das FDS havia entrado nesta área de Raqqa, destacou ele, acrescentando que coalizão conhecia apenas as posições do Daesh (grupo terrorista, proibido na Rússia), por isso atacaram a região.

Anteriormente já tinham ocorrido ataques por engano contra posições das FDS no norte de Raqqa. Nessa ocasião morreram 18 combatentes das FDS.

 Sputnik

Comentários: