Brasília, 15 de outubro de 2018 às 18:32
Selecione o Idioma:

Cultura

Postado em 21/09/2018 10:56

Feira do Livro da Venezuela dedicará espaço a comunidades migrantes

.

 Caracas, (Prensa Latina) A Feira Internacional do Livro da Venezuela dedicará um lugar especial em sua edição de 2018 às comunidades migrantes dentro da cultura da nação, anunciou o ministro da pasta, Ernesto Villegas.

O evento, a ser celebrado no mês de novembro, debaterá sobre o tema migratório, as características do fenômeno no mundo atual, bem como a presença e influência dos diferentes grupos culturais que chegaram ao território venezuelano.

Trata-se de um tópico importante para visibilizar a diversidade de comunidades como a árabe, chinesa, equatoriana, peruana, portuguesa, colombiana, alemã, entre outras, dentro da formação da nacionalidade, enfatizou.

Nesta ocasião, a feira literária ocorrerá no centro histórico de Caracas, onde nasceu o Libertador Simón Bolívar e transcorreram os fatos das lutas de independência, afirmou também o ministro.

Villegas anunciou que durante o evento se exibirá a história do prócer independentista, que há 200 anos imprimiu mais de uma centena de exemplares do periódico Correo del Orinoco, assim como os originais da publicação.

Comentários: