Brasília, 24 de setembro de 2017 às 12:49
Selecione o Idioma:

Especiais

Postado em 22/08/2017 2:25

Rússia: Revelados os possíveis sucessores de Vladimir Putin

.

Share Button
 © Sputnik/ Aleksei Druzhinin

Os analistas do Fundo Político de São Petersburgo elaboraram uma classificação das figuras que poderiam ser consideradas como possíveis sucessores do atual presidente da Rússia, Vladimir Putin.

Vladimir Putin toma banhos de sol durante a pesca na cascata de lagos de montanha na república de Tuva
© SPUTNIK/ ALEKSEI NIKOLSKY
Dmitry Medvedev, o primeiro-ministro da Rússia, encabeça a lista. Segundo os especialistas, o político conseguiu melhorar sua imagem depois das acusações contra ele na mídia, por isso agora ele tem todas as oportunidades para voltar a ser sucessor de Putin.O segundo lugar é ocupado por Sergei Sobyanin, o prefeito de Moscou desde outubro de 2010 e um dos líderes do partido governante Rússia Unida.
O governador da região de Tula, Aleksei Dyumin, ocupa o terceiro lugar do ranking. Antes de assumir o cargo de governador, Dyumin trabalhou no serviço de segurança do presidente e como vice-ministro da Defesa da Rússia.
Entretanto, o ministro da Defesa russo Sergei Shoigu, por sua vez, está no quarto lugar na lista de possíveis sucessores de Putin.
O Kremlin de Moscou
© SPUTNIK/ ALEXEY DRUZHININ / ANTON DENISOV
Os especialistas colocaram no quinto lugar Valentina Matvienko, a chefe do Conselho da Federação da Rússia (câmara alta do parlamento russo).Aleksei Navalny, o ativista da oposição russo também figura na lista de possíveis sucessores de Putin no 18º lugar.
A classificação do Fundo Político de São Petersburgo foi elaborada com base em cinco critérios: a presença na mídia, as expetativas da elite, a atividade pública e a ausência de conflitualidade. Além disso, foram analisadas as campanhas de desacreditação de certos candidatos.
U.S. President Donald Trump shakes hands with Russia's President Vladimir Putin during their bilateral meeting at the G20 summit in Hamburg, Germany July 7, 2017
© REUTERS/ CARLOS BARRIA
Vladimir Putin, por sua vez, anunciouno início de agosto que analisará a possibilidade de se apresentar como candidato às próximas eleições presidenciais. Segundo vários especialistas, se ele fizer isso, sua reeleição está praticamente garantida.De acordo com a Constituição da Rússia, os presidentes podem ocupar seu cargo durante dois mandatos consecutivos, sem que se exclua a possibilidade de voltarem a se apresentar a futuras eleições.
Putin assumiu a presidência em 2000, com 47 anos de idade, e se manteve no cargo durante dois mandatos, até 2008, após o que ocupou o cargo de primeiro-ministro.
Em 2012, ele voltou a ganhar as eleições. Até 2008, o período presidencial na Rússia era de quarto anos, mas a partir de 2012 foi ampliado para seis. As eleições presidenciais russas deverão ser realizadas em 18 de março de 2018.

Comentários: