Brasília, 15 de outubro de 2018 às 12:40
Selecione o Idioma:

Brasil

Postado em 22/08/2016 10:14

Gleisi Hoffmann: Mais Médicos pode estar com os dias contados

.

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado
A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) disse nesta segunda-feira (22) que o programa Mais Médicos pode estar com os dias contados. Ela lembrou que expira na próxima segunda-feira (29) a medida provisória editada em maio pela presidente afastada Dilma Rousseff que prorroga por mais três anos a permanência no Brasil de médicos estrangeiros que participam do programa.
“Esse mesmo governo, que foi tão esperto, tão eficiente, tão eficaz para articular o impeachment, não articulou a aprovação da medida provisória que prorroga por mais três anos o programa Mais Médicos. Isso significa que dois mil médicos serão desligados daqui a 50 dias. Sete mil médicos serão desligados em janeiro e daí, assim por diante até chegarmos aos 12 mil médicos que estão à disposição do Brasil”, disse a senadora, acrescentando que a maior prejudicada será a população mais carente.

A senadora comentou, também, o processo de impeachment contra a presidenta Dilma e que terá início nesta quinta-feira (25) no Senado. Para Gleisi, a depender do resultado, o Senado vai fortalecer ou golpear a democracia. A parlamentar assumiu, nos últimos meses, ao lado dos senadores Lindbergh Farias (PT) e Vanessa Grazziotin (PCdoB), a linha de frente da defesa de Dilma na comissão especial do impeachment no Senado.

Fonte: Jornal do Brasil

 

Comentários: