Brasília, 21 de novembro de 2018 às 14:48
Selecione o Idioma:

Sahara Ocidental

Postado em 15/12/2017 11:08

Marrocos expulsa observadora noreguesa do Sahara Occidental

.

 Photo by Ida Bergstrøm/UI
A Sra. Tone Sørfonn Moe, observadora norueguesa foi expulsa nesta quinta-feira (13) às 12h50, hora local de El Aaiun, capital do território não-autônomo do Sahara Ocidental pelas autoridades marroquinas.Tone é um estudante de direito norueguesa e foi observadora internacional no julgamento Gdeim Izik, realizado no tribunal de recurso em Salé, Marrocos entre 2016/2017, e é credenciada pela Fundación Sahara Occidental, uma organização que monitora os Direitos Humanos e a situação de os prisioneiros políticos saharauis. Tone deveria observar um processo judicial contra um grupo de prisioneiros políticos em Marraquexe em 12 de dezembro, que foi adiado.Ela viajou de Agadir para El Aaiún, capital do Sahara Ocidental, no domingo passado, 10 de dezembro.

Às 12h50 de hoje a Sra. Moe envio o seguinte texto:

“De acordo com a polícia, os observadores internacionais não são bem-vindos. De acordo com a polícia, não cheguei de forma legal. Expliquei ao agente civil que cheguei a El Aaiun de táxi de Agadir, e que sou observadora internacional. Fui abordado no meu hotel por cerca de 20 a 25 policiais não uniformizados. 10 desses agentes à civil estavam a filmar-me e a tirar fotografias

Comentários: