Brasília, 18 de novembro de 2017 às 14:27
Selecione o Idioma:

Cuba

Postado em 04/09/2017 6:03

Médicos cubanos chegam ao Vietnã

.

Share Button
 Hanoi, (Prensa Latina) Os primeiros quatro médicos cubanos de um grupo de 17 que começarão trabalhar em Vietnã no presente ano chegaram nesta segunda (04)  como parte da decisão comum de acrescentar a cooperação também neste terreno.
A tenor com um contrato assinado entre a entidade Comercializadora de Serviços Médicos Cubanos (CSMC) e o hospital geral internacional Thu Cuc, de Hanoi, os galenos da ilha laborarão dois anos nesse centro.
O quarteto, e em decorrência do mês outros 12, unir-se-ão a José Hernández, quem já estava nesta capital e fungirá como chefe da missão médica.
Ao aeroporto internacional de Noi Bai, em Hanoi, foram a recebê-los a chefa do escritório Comercial da embaixada cubana em Vietnã, Yamel Ruiz, e os servidores públicos dessa entidade Yudisley Cruz e Orlando Pérez, bem como diretores do hospital Thu Cuc.
Em novembro do ano passado, ao termo de uma visita do presidente Tran Dai Quang a Cuba, os dois países lembraram diversas ações para fortalecer as relações bilaterais, com especial ênfase nas áreas onde a cada país possui potencialidades e vantagens para se complementar.
Entre elas estiveram as de saúde pública, biotecnologia e farmacologia, junto às de agricultura, ciência e tecnologia, telecomunicações, rádio e televisão, energia, construção, defesa, turismo, cultura, esportes e educação.
O pessoal cubano da saúde tem um imenso prestígio no mundo todo, tanto pela sua qualidade profissional como humana.
Mais um quarto de milhão de médicos e outros profissionais e técnicos da saúde têm servido no exterior nas últimas cinco décadas e hoje uns 50 mil cumprem missões em mais 60 países.
A colaboração cubana com outras nações no campo da saúde também tem um baluarte na Escola Latino-americana de Medicina, que acolhe nestes momentos a mais 10 mil estudantes de 55 nações, os Estados Unidos incluído.

Comentários: