Brasília, 19 de outubro de 2017 às 04:28
Selecione o Idioma:

Sahara Ocidental

Postado em 01/10/2017 7:07

Nota de repúdio à detenção e a expulsão injusta e arbitrária da Embaixadora Saharaui Jadiyetu El Mohtar por parte do governo peruano

.


Warning: Illegal string offset 'filter' in /home1/patri590/public_html/patrialatina.com.br/wp-includes/taxonomy.php on line 1372
Share Button
.O Partido dos Trabalhadores repudia a detenção e a expulsão injusta e arbitrária da Embaixadora Saharaui, Jadiyetu El Mohtar, por parte do governo peruano.
El Mohtar passou 19 dias detida no aeroporto internacional de Lima, após a Superintendência Nacional de Migrações do Peru negar sua entrada no país, com base em um suposto documento da Comissão de Relações Exteriores do Congresso. A fundamentação deste documento seria a denúncia de que El Mohtar realizaria atividades políticas e diplomáticas sem a permissão do governo peruano, que reconhece apenas a nacionalidade espanhola de El Mohtar, mas não reconhece a República Árabe Saharaui Democrática e suas atividades diplomáticas no país.
Nesta quinta-feira, antes mesmo de uma decisão da justiça peruana sobre o caso, ou seja, sem que haja uma ordem judicial de expulsão, agentes da Polícia Nacional do Peru coagiram El Mohte a embarcar num vôo para a Espanha.
O PT reitera seu forte apoio à luta do povo saharaui por autodeterminação, denuncia as violações constantes de direitos humanos por parte do governo do Marrocos e aliados  – como agora o foi o governo peruano – e expressa sua profunda solidariedade à companheira Jadiyetu El Mohtar pela brutal violação de direitos à qual foi submetida.
Monica Valente
Secretária de Relações Internacionais

Comentários: