Brasília, 22 de julho de 2017 às 19:40
Selecione o Idioma:

Oriente Médio

Postado em 17/05/2017 11:12

Novo desafio: Que preocupa Israel mais do que os ataques de mísseis?

.

Share Button
© AFP 2017/ JACK GUEZ
Segundo um alto funcionário da Força da Defesa de Israel (IDF, em inglês) os ataques cibernéticos são mais perigosos do que os ataques de mísseis.
O alto funcionário da IDF acrescentou que “paralisar a infraestrutura de Israel usando ataques cibernéticos, por exemplo, é, na verdade, mais grave do que […] usar mísseis para atacar [uma] usina elétrica”, comunica o Jerusalem Post.
Um ataque de mísseis ou uma bomba vai “causar falhas de energia durante algumas horas, que podem ser ultrapassadas”, acrescentou ele.
Tal como muitos outros países, Israel enfrentou na passada sexta-feira (12) um ataque cibernético de grande escala à rede civil com a utilização de programas de espionagem da NSA, em resultado do qual mais de 200 mil servidores do Windows em mais de 200 empresas foram afetados.
De acordo com o primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyahu a infraestrutura vital do país não foi afetada pelo ataque.

Sputnik

Comentários: