Brasília, 15 de dezembro de 2017 às 10:51
Selecione o Idioma:

Brics

Postado em 13/04/2017 9:28

Países do BRICS discutem questão de utilização de armas químicas

.

Share Button
© Sputnik/
Países do BRICS condenam a utilização de armas químicas por qualquer país.
Países do BRICS condenam utilização de armas químicas por qualquer país e acham importante que a Organização para a Proibição de Armas Químicas continue cooperando com Damasco.

“Condenando decididamente a utilização de armas químicas por quem quer que seja e sejam quais forem as circunstâncias, eles [os países do BRICS] chamaram a comunidade internacional a manter a unidade ao analisar quaisquer casos de utilização de armas químicas ou ameaça de sua utilização, acrescentando a importância da cooperação do Secretariado Técnico da OPAQ e do mecanismo conjunto da OPAQ e da ONU com as autoridades sírias”, diz o comunicado, publicado no fim da reunião dos representantes especiais do BRICS sobre o Oriente Médio, realizada na Índia.

No âmbito dessa reunião, onde a Rússia foi representada pelo vice-ministro das Relações Exteriores Mikhail Bogdanov, os representantes especiais dos países do BRICS manifestaram forte preocupação pela violência continuada na Síria, pela deterioração da situação humanitária e pelo aumento da ameaça do terrorismo e extremismo na Síria.

“Os participantes afirmaram o apoio à soberania e unidade territorial da Síria, a necessidade de resolução pacífica do conflito pelo próprio povo sírio. Eles apoiaram todos os esforços para alcançar uma solução político-diplomática para esta crise através de negociações com base na Resolução 2254 da ONU”, acrescenta o comunicado, publicado no portal do Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

Os participantes também saudaram os resultados das negociações sobre a Síria realizadas em Astana e Síria, chamando para a continuação da ajuda humanitária à Síria por parte do BRICS e para a interação na questão de restauração do país.

Comentários: