Brasília, 23 de junho de 2017 às 14:25
Selecione o Idioma:

Papo do Dia

Postado em 16/04/2017 10:12

PÁTRIA LATINA 15 ANOS: O BRASIL AINDA SERÁ UM ENORME PARAGUAI

.

Share Button

“Outrora, quando ainda sofria sobre as armações metálicas do mundo e acuado como um cão metafísico, eu gania para a eternidade, sem compreender que, pelo simples teorema do egoísmo a vida enganou a vida, o homem enganou o homem.
 Por isso, agora, organizei meu sofrimento ao sofrimento
 De todos: se multipliquei a minha dor,
 Também multipliquei a minha esperança. (Paulo Mendes Campos -1922 + 1991).

“Ai, esta terra ainda vai cumprir seu ideal:
Ainda vai tornar-se um imenso Portugal!”
Chico Buarque – Fado Tropical

Silas Correa Leite*
-Colaborando com uma renca de sites, blogs, fanizes, suplementos, até na chamada América espanhola e mesmo na Itália, África e Portugal, lá pelas tantas sabendo do belíssimo propósito informativo e ético-editorial do portentoso site Pátria Latina com qualidade de estética e de conteúdo primoroso defendendo a liberdade, a democracia social, a ética sócio-inclusiva e plural-comunitária, resolvi mandar uma das minhas polêmicas opiniões de quem luta contra os tiranos dessa nossa América católica, como muito bem cantou Caetano Veloso (“Será que nunca faremos senão confirmar//A incompetência da América católica//Que sempre precisará de ridículos tiranos// (Podres Poderes).
 Acertei na loteria, quero dizer, tudo a ver, na minha posição de vigilante e militante esquerdista na barricada da vida, e a postura do site Pátria Latina do amigo jornalista e militante comunista de peso, Valter Xéu, também fervoroso e atuante defensor de um jornalismo transparente contra a midiotização dos povos pela mídia abutre de um Brazyl S/A.
Aliás, a Gazeta Russa em português, assim diz do Pátria Latina: ”Pátria Latina é uma publicação eletrônica com temas cada vez mais da atualidade, e que carrega em suas edições diárias o jornalismo crítico de postura marcante frente à globalização, independente ao poder econômico e de profunda identidade com os anseios da sociedade civil, publicando temas de impacto político e cultural.”
-Pois esse site importante e de renome, que me agregou além de poeta como crítico social e literocultural, também, é ilustre veículo midiático diferenciado que tem ainda personalidades de renome como Frei Betto, Ignácio Ramonet, James Petras, John Pilger, Jorge Lezcano, Cesar Fonseca, Emir Sader, José Ribamar Bessa Freire, alem de Fidel Castro, Eduardo Galeano e Gabriel Garcia Marques que não estão mais entre nos, Laurindo Leal Filho, Timothy Bancroft-Hinchey Mauro Santayanna, Anna Malm, Altamiro Borges, os venezuelanos Júlio escalona, Manuel Montañez Lanza, Reinaldo Iturriza, Freddy J. Melo, e mais Pepe Escobar, Prabhat Patnaik, MK Bhadrakumar, Serguéi Lavrov e Pedro Augusto Pinho, por isso de estética e conteúdo todo próprio fez esse sucesso singular todo que fará quinze anos de labuta em alto nível no ano que vem, e hoje tem parceria com várias publicações no Brasil e do mundo, entre eles, em Portugal, com o Diário da Liberdade e Resistir, mais info, da Espanha, Rebelion, da Palestina, Palestine Liberation, Prensa Latina (Cuba) Irã News (Irã) Telesur e Barometro Internacional (Venezuela) La Jornada (México) Pravda RU e Gazeta Russa (Rússia).
Aliás, Gazeta Russa que faz parcerias editoriais com as principais publicações do mundo, como The New York Times, Daily Telegraph, Washington Post, La Nacion, El Pais, e The Yomiuri Shimbun que é um jornal japonês de alta qualidade, com uma circulação diária de 13,5 milhões de leitores, e que faz dele a maior tiragem do mundo. O jornal russo escolheu no Brasil o Pátria Latina e a Folha de São Paulo para parcerias editoriais.
-Pois nesses anos todos, talvez eu sendo o mais novo bicudo colaborador do Pátria Latina, vendo a situação em que o Brasil se encontra, de caos social, de caos institucional, de caos moral, em crise de um câncer neoliberal com um interino usurpador do poder, ferido de morte pelas falcatruas de um impune governo golpista ridicularizado nas altas esferas pensantes do país, e do mundo, com menos de 4% de índice de aprovação popular, defendido por ratos de toga e pela Rede Globo de Televisão que faz a cabeça de incautos, mal formados e mal informados, acabei assim ficando o pé aqui no Pátria Latina como uma trincheira da legalidade, porta-voz de um jornalismo investigativo, critico, democrático, comunitário, colocando o dedo nas feridas de uma pátria desmoralizada enquanto pátria, de corrupção financiando o cínico neoliberalismo do estado mínimo, mais uma impunidade por atacado.
 E tudo isso a propósito, por assim dizer, de no começo desse texto lembrar o Fado Tropical de Chico Buarque de Holanda, dizendo (sonhando) que o Brasil seria um enorme Portugal. Pois o brasil se não acabar um Porto Rico, vai acabar mesmo é um imenso Paraguai, estilo São Paulo, o estado-máfia, do crime organizado 25 anos impune no poder, do estado mais rico do Brasil, concomitantemente o estado mais corrupto do Brasil, pois é a corrupção, a propina, que financiam esse nosso terceiro-mundista capitalhordismo americanalhado… E a paulistaiada adora corruptos paulistas da gema, sem algemas. Almas gêmeas? Não podemos permitir que o povão tenha esperança, eles pensam… Pensam?
Reinventado a antiga política café-com-leite que Getúlio Vargas derrubou, parece que de novo o PMDB tem um ex-vice não eleito se assomando no poder, de Sarney a Itamar e agora o incompetente Temer.
Liberais, contam papos eles, os neofascistas que ferem a instituição democracia e fazem esse resto de país vergar a interesses de agiotas do capital estrangeiro. Pátria minha, Pátria Nada, Patriazinha, diria o Poeta Vinicius de Moraes, pois o Brasil não tem liberais, vejam o exemplo: – Liberal brasileiro defende o “livre mercado” na economia, mas faz campanha pela censura do “livre mercado das ideias” (John Stuart Mill)- Liberal brasileiro defende o direito à propriedade privada, mas defende regulação do corpo dos outros impondo o Estado ali.- Liberal brasileiro defende o fim da legislação trabalhista, mas paradoxalmente defende com unhas e dentes os subsídios governamentais na política cambial. – Liberal brasileiro defende a “livre circulação de capital”, mas é a favor do aumento do aparato repressor do Estado (polícia) para conter os pobres nas carentes periferias distantes. – Liberal brasileiro fala contra a “revolução comunista”, mas financia grupos de direita claramente espelhados nas táticas leninistas.- Liberal brasileiro fala em meritocracia, mas esconde que mais de 70% dos milionários brasileiros o são por herança e não por trabalho próprio, e a tal meritocracia é um blefe. – Liberal brasileiro defende o “estado mínimo”, mas estudou em universidade pública, estuda para concurso público e financia carro e casa em banco público. – Liberal brasileiro defende a “igualdade de condições” para os cidadãos, mas é racista, machista, homofóbico, insensível, sem visão ético-plural comunitária, e tem preconceito de classe.
Curto e grosso, não existem liberais propriamente dito no Brasil. Existem hipócritas argentários que querem exatamente o que os liberais do século XVIII atacavam, manter seus privilégios e destruir a ideia igualitária de “cidadão”; querem empregadas domésticas tipo serva, escrava, e operários padrões para serem explorados como laranjas, até que não deem caldo, não deem mais nada, sejam rejeitos sociais, bagaços.
 Que liberais são esses, de lucros impunes, riquezas injustas, propriedades roubos, que roubam o imposto de renda – Só SP o estado máfia rouba 100 bilhões por ano do imposto de renda – e se têm prejuízo ainda querem subsídios do governo… E é assim desde as capitanias hereditárias, cartórios. Depois na falsa libertação de escravos (que não indenizou os desterrados e seus descendentes), depois o golpe de 64, depois o caolho FHC e por fim agora Temer e suas máfias e quadrilhas. O Brasil acabou uma republiqueta de bananas, caminhando para ser um Paraguai, ao contrário do que cantou Chico Buarque de Hollanda, de que esse país de colonização lusa, do pau-brasil, ainda seria um imenso Portugal…
Pois o site Pátria Latina publica textos datados, cirúrgicos, brilhantes, nos irrigando a imaginação, a repulsa, a historicidade, mais a denúncia dessa época tenebrosa de muito ouro e pouco pão… E derrubaram a Dilma porque ela era dura com bandidos, não negociava com eles.
Temer tem 9 ministros envolvidos em corrupção, e fica por isso mesmo. A corrupção financia seu desgoverno? Mas ainda assim, como disse Valéria Guerra “A revolução capitalista, junto com a Industrial, a bancária e etc., não me assusta, contracultura sempre foi o meu lema…” E Sergio Maia Dias pontuou: “Dilma melou o esquema de Furnas (irritou Cunha e Aécio). Dilma baixou a taxa de juros (irritou os rentistas). Dilma colocou Graça Foster na Petrobrás (irritou os partidos). Dilma vetou reajuste de 70% no salário do poder judiciário (irritou os marajás da justiça caolha). Dilma vetou a reforma trabalhista e a aprovação da lei da terceirização (irritou os empresários e a FIESP). Dilma vetou o financiamento privado de campanha eleitoral (irritou os propineiros). Dilma deu liberdade à polícia federal e não interferiu nas investigações (irritou os corruptos deputados e senadores).
 Dilma recusou negociar com Cunha (irritou os 200 deputados que ele sustentava). Dilma não aceitou entregar o petróleo brasileiro para os estrangeiros (irritou os EUA, a América rica das estrelas de sangue). Dilma não aceitou privatizar o pouco que ainda resta do patrimônio público brasileiro (irritou os donos do poder econômico que têm apoio da fascista direita neoliberal). Dilma não aceitou perdoar a dívida de 2 bilhões dos planos de saúde com o governo (irritou os poderosos do setor de seguro de saúde privada).
 Dilma não aceitou perdoar a dívida que os clubes de futebol têm com o governo (irritou a CBF). Dilma criou o Mais Médicos, quando PSDB et caterva criaram a CPMF e desviaram bilhões das santas casa. Dilma não aceitou perdoar a dívida milionária que os canais de tv, em especial o que a Rede Globo tem com o governo (irritou os barões da mídia, em especial a família Marinho da Rede Globo de Televisão).  Ulysses Ferraz crava, sobre essa mídia abutre: “O papel da grande imprensa brasileira não é informar. É instaurar medo e pânico na população.
Especificamente em duas áreas: economia e segurança pública. Para tirar proveito desse medo, vende duas soluções: o mínimo de intervenção econômica e o máximo de repressão policial.  O cidadão médio, sempre preocupado com suas posses, suas propriedades e sua integridade física, supostamente ameaçadas a todo instante, compra obedientemente o pacote. Seu sonho de consumo: menos impostos e mais cadeias. De preferência, penitenciárias privatizadas. A imprensa mantém seus lucros. Deforma opiniões. Os cidadãos alimentam seus medos. Enganam suas esperanças. E o sistema é retroalimentado.  
Quanto à posição política, a grande imprensa gravita entre oposição e situação, conforme o programa de governo em exercício.  É capaz de tolerar qualquer atrocidade política e antidemocrática, é conivente com corrupção, violações de direitos humanos, aberrações jurídicas, ditaduras e golpes de Estado, desde que os governos usurpadores adotem políticas pró-negócios, seja benevolente com as grandes fortunas, seja parceiro do capital financeiro e das grandes corporações, mas deixe o restante da população, trabalhadores, mulheres, LGBT, negros, minorias, pobres, indígenas, idosos, sem-teto, menores carentes, portadores de deficiência etc., todos abandonados à própria sorte. É assim que funciona a imprensa “livre” no Brasil. Livre para manipular”. 
O pensador e teólogo Leonardo Boff alertou: “Esse golpe está desmontando a nação. E está penalizando principalmente os pobres, os trabalhadores. É um golpe contra o povo brasileiro.” Falando sério, se o tal Caixa 2 vem sendo praticado há 30 anos, o que fez o STF todo este tempo? STF-São Todos Fariseus? O Sr. Emílio dono da Odebrecht disse que todos os políticos e partidos são eleitos via dinheiro forte de Caixa 2, há mais de 30 Anos. Interessante que essa prática de corrupção o TSE aprovava, o TCU aprovava, o MPF aprovava, a PF aprovava, o TSJ aprovava. A Lava Jato aprovava nos casos impunes do PSDB, o STF aprovava, a OAB aprovava, todo sistema judiciário aprovava. O JN da Rede Globo deve ter recebido propina de Caixa 2 e a tudo sabia, manipulava, aprovava.
São mais de 30 anos e a elite burguesa do PSDB sendo eleita com dinheiro de Caixa 2, para manipular o orçamento da união em proveito próprio. Agora querem tirar os Direitos dos Trabalhadores e dos mais pobres. E o juizeco de apostilas, Moro, da República Fascista de Curitiba, Paraná, sempre parcial, seletivo, meio esquizocênico, abraçando corruptos de estimação. Políticos do PSDB desenvolveram a bel-prazer a prática do Caixa 2, junto com o Partidos dos Empresários, a FIESP. Camaradasesse ódio generalizado não é contra a corrupção em si, é contra o FIES, ProUni, Bolsa Família, Fome Zero, Farmácia Popular, a ascensão social de milhões, o fim da miséria, o projeto Ciência sem Fronteiras, o salário mínimo com aumento real, etc. Não é contra a corrupção, é contra o pobre, porque ele está saindo do seu “lugar natural”, pois na tese deles, pobre tem que depender da caridade do rico, não ter direito a uma vida digna. Essa indignação seletiva escancarada é sintoma do ódio social e da tolerância com os corruptos que representam os ricos. Estão desmontando o Brasil, potência emergente. O Brasil será dividido? O Brasil será um enorme Paraguai?
Disseminado o ódio contra o PT, a oração do Coxinha Hipoglós agora é, curta e grossa, mais ou menos: “Em nome do meu ódio ao PT, entrego meus direitos trabalhistas, férias, décimo terceiro, fundo de garantia, aviso prévio, aposentadoria em vida. Em nome do meu ódio ao PT, aceito trabalhar como um cacareco até morrer, feito um novo escravo da inumana terceirização neoescravista. Em nome do meu ódio ao PT, me calo diante da precarização da educação e da saúde, e vou ter que me matar para pagar um plano privado de saúde, bancado pelos banqueiros golpistas que devem milhões ao governo. Em nome do meu ódio ao PT, me cego frente à corrupção que se blindou, pois só os do PT são corruptos, os outros são santos, votei neles… Em nome do meu ódio ao PT, apoio empresários corruptores a ficarem ainda mais ricos, deles eu sou admirador, lacaio, vassalo, bucha de canhão, massa de manobra, feito um coió despolitizado, mas me sentindo um criticozinho pangaré só agora, não quando FHC do PSDB me xingou de vagabundo…. Em nome do meu ódio ao PT, viverei um presente de humilhações, um futuro de incertezas e um passado de idiotices. Em nome do meu ódio ao PT, serei capacho do sistema, um asnóia, um arigó, um mané coxinhas-daslu. Em nome do meu ódio ao PT, permaneço inerte, mesmo que me tirem tudo, porque o que importa mesmo é tirar o PT, a Dilma, o Lula. Tudo em nome do meu ódio ao PT, porque será a única coisa que me restará, malformado, mal informado, meu ódio customizado de analfabeto, inclusive analfabeto político. Em nome do Moro, da mídia e do meu analfabetismo político. Amém…
Parabéns ao companheiro Valter Xéu, Parabéns ao site Pátria Latina, pêsames ao Brasil golpeado por um golpe insano de máfias e quadrilhas de antigos redutos de propinas, e seus ridículos tiranos. Resistir é preciso? Feridos venceremos? Vamos pra Cuba?

Comentários: