Brasília, 23 de setembro de 2018 às 12:55
Selecione o Idioma:

Venezuela Resiste ao Império

Postado em 16/05/2018 1:23

Poder Eleitoral ratifica apego à soberania e exige respeito à vontade do povo da Venezuela

.

Caracas,. AVN

Diante das manobras para prejudicar a jornada eleitoral deste 20 de maio, o Poder Eleitoral ratifica seu apego aos princípios de soberania e autodeterminação da Venezuela, asseverou a presidenta do Conselho Nacional Eleitoral (CNE), Tibisay Lucena.

Lucena exigiu nesta terça-feira aos governos da região, que pedem a suspensão da votação, respeito à vontade do povo venezuelano.

“A esses governos estrangeiros que com sua ingerência grosseira chamam a que se suspendam as eleições, este Poder Eleitoral lhes diz: não são os governos estrangeiros com sua ingerência imoral que ditam o CNE o que tem de fazer. Dizemos ao país inteiro, é a Constituição, as leis e a soberania emanada do povo a qual o Poder Eleitoral obedece”, enfatizou Lucena durante lançamento do Plano República.

A presidenta do CNE destacou que o Poder Eleitoral está preparado para a votação do próximo domingo.

“Dizemos ao povo venezuelano que aumentamos as medidas, as garantias para que neste domingo os venezuelanos com tranquildade e civismo possam decidir o futuro do país”, disse.

A partir desta terça-feira começa a distribuição do material eleitoral nos mais de 14 mil centros de votação em todo o país.

“A partir de hoje (terça) as mesas terão seu material eleitoral e tecnológico com o objetivo de que nesta sexta-feira, 18 de maio, sejam instaladas em todos os centros aptos no territorio nacional”, explicou.

Foto: @ceofanb

Comentários: