Brasília, 16 de fevereiro de 2019 às 12:21
Selecione o Idioma:

Colômbia

Postado em 11/07/2017 6:59

Presidente colombiano perdoa 3.600 ex-guerrilheiros das FARC

.

© AP Photo/ Rodrigo Abd
O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, assinou na segunda-feira um decreto em que anistia 3.600 ex-militantes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC).
A anistia será aplicada a todos os ex-militantes que já se entregaram suas armas às autoridades. Os indultados membros eram acusados de participar de desordem civil, posse ilegal de armas e o uso de uniformes militares.
Guerrilha das FARC em frente a um cartaz criticando o Plano Colômbia
© AFP 2017/ LUIS ACOSTA
As FARC surgiram em 1964 como a ala militar do Partido Comunista da Colômbia. A guerra de meio século entre as FARC e o governo colombiano ceifou a vida de centenas de milhares de pessoas.
O decreto divulgado hoje completa outros dois que somados, perdoaram mais de 6 mil pessoas. Outros 1400 foram liberados após sentenças de tribunais locais. Juan Manuel Santos foi o ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 2016 pelo empenho com o qual tratou a desmobilização dos guerrilheiros, tema que consumiu a maior parte do mandato do presidente colombiano.

Sputnik

Comentários: