Brasília, 19 de setembro de 2018 às 21:15
Selecione o Idioma:

África

Postado em 07/07/2018 9:46

Presidente volta a Angola após discurso perante Parlamento Europeu

.

 Luanda, (Prensa Latina) O presidente angolano, João Lourenzo, voltou a Luanda depois de uma viagem a Estrasburgo, França, para falar perante o Parlamento Europeu, onde prometeu resultados positivos em breve na luta contra a corrupção e a impunidade.

Sua chegada a esta capital foi ontem à noite, de acordo com as reportagens hoje dos principais noticiários.

‘Levamos a cabo uma verdadeira cruzada contra a corrupção e a impunidade em toda a sociedade, com destaque para o chamado crime de colarinho branco’, expôs na primeira intervenção de um chefe de Estado angolano perante o legislativo europeu.

Em seu discurso de quase meia hora, o mandatário fez referência à aprovação no parlamento de leis de concorrência (antimonopólio), de investimento privado (que elimina a obrigação aos empresários estrangeiros de colocar capitais através de angolanos) e a de repatriação de bens monetários malversados.

Sem mencionar nenhum caso especificamente, fez referência também a vários processos nos tribunais contra cidadãos que provavelmente defraudaram o Estado.

Anunciou que se estuda a possibilidade da privatização de empresas estatais mediante concursos públicos, incluídas do setor petrolífero.

Igualmente, fez um chamado à União Européia (UE) a estabelecer um modelo de cooperação que, a médio e longo prazos, contribua com maiores ofertas de emprego e oportunidades de negócios para os africanos.

O presidente disse que os residentes nos países africanos vão à Europa em condição de refugiados porque fogem das guerras, da fome e da miséria.

Comentários: