Brasília, 16 de julho de 2018 às 17:31
Selecione o Idioma:

Venezuela Resiste ao Império

Postado em 01/03/2018 11:49

Seis candidatos oficializaram sua inscrição para presidenciais

.


Warning: Illegal string offset 'filter' in /home1/patri590/public_html/patrialatina.com.br/wp-includes/taxonomy.php on line 1372
Share Button

Caracas, AVN

Seis candidatos oficializaram sua inscrição no Conselho Nacional Eleitoral (CNE) para participar das eleições presidenciais, pautadas para o dia 22 de abril.

O primeiro a se inscrever foi Reinaldo Quijada, membro do partido Unidade Política Popular 89 (UPP89), que na segunda-feira entregou os requisistos e seu plano de governo na sede do CNE, em Caracas, como estabelece o Regulamento da Lei Orgânica de Processos Eleitorais.

No dia seguinte, foi a vez de Nicolás Maduro, candidato pelo Partido Socialista Unido da Venezuela (Psuv), Movimento Somos Venezuela, Movimento Tupamaro, Unidade Popular Venezuela (UPV), Podemos, Pátria Para Todos (PPT), Organização Renovadora Autêntica (ORA), Aliança Para a Mudança (APC), Movimento Eleitoral do Povo (MEP) e Partido Comunista da Venezuela (PCV).

Também se inscreveu Henri Falcón, apoiado por Copei, Movimento Ao Socialismo (MAS) e Avançada Progressista (AP).

A lista de candidatos inclui ainda Luis Alejandro Ratti e Francisco Visconti, candidatos por iniciativa própria, assim como Javier Bertucci, inscrito pelo grupo de eleitores Esperança pela Mudança.

O proceso de candidaturas para as eleições presidenciais começou no sábado 24 de fevereiro com a inscrição dos candidatos pela internet, processo que continuou dois dias depois.

O seguinte passo, segundo o cronograma eleitoral, foi a inscrição dos candidatos na Junta Nacional Eleitoral. Este processo começou na segunda 26 e finalizaria nesta terça, mas o CNE ampliou o prazo de inscrição por mais 48 horas.

Fotos: Collage fotos via Twitter e AVN

Comentários: