Brasília, 24 de setembro de 2017 às 12:48
Selecione o Idioma:

Economia

Postado em 01/09/2017 10:43

Seis grandes bancos mundiais se unem para criar nova criptomoeda

.

Share Button
© REUTERS/ Sergio Perez

Na quinta-feira (30), seis dos maiores bancos mundiais revelaram uma série de passos para execução de projeto facilitador para emissão de moedas digitais por bancos centrais, baseadas na tecnologia de blockchain, na qual são baseadas as criptomoedas como bitcoin.

Segundo o portal CoinDesk, o projeto denominado Utility Settlement Coin (USC) foi lançado há um ano pelas empresas financeiras UBS, BNY Mellon, Deutsche Bank, Santander e NEX  com o startup britânico Clearmatics. Os bancos multinacionais Barclays, CIBC, Credit Suisse, HSBC, MUFG e State Street se uniram à iniciativa recentemente.

O projeto visa preparar o caminho para que os bancos centrais contem com criptodivisas no futuro, possibilitando que entidades globais executem uma grande variedade de transações entre si através do uso de ativos garantidos em blockchains personalizados.

O dinheiro digital será a chave dos mercados financeiros, por isso os principais bancos do mundo não querem ficar para trás. Na verdade, os gerentes do projeto estiveram em contato com bancos centrais e reguladores para garantir que USC cumpra todos os requisitos, tais como a política de proteção de dados ou segurança cibernética.

Embora a nova criptomoeda tenha um alcance limitado de início, o chefe de investimento e inovação de tecnologia financeira do USC, Hyder Jaffrey, explicou ao portal o impacto potencial que o projeto poderia vir a ter: “Nós o vemos como um trampolim para que no futuro os bancos centrais emitam sua própria criptomoeda.”

Comentários: