Brasília, 20 de novembro de 2018 às 13:25
Selecione o Idioma:

Papo do Dia:

Economia

Postado em 19/06/2018 11:00

Sem sucesso, Temer torra reservas brasileiras para conter dólar

.

O economista Márcio Pochmann tem usado o twitter para apontar os retrocessos provocados pelo projeto neoliberal em curso. Nesta segunda (18), ele denunciou que o governo de Michel Temer está torrando as reservas brasileiras para segurar a cotação do dólar.

Agência Senado   

“Não fosse a herança benigna dos governos do PT, o Brasil estaria como a http://Argentina. At é agora a equipe econômica do “sonho do mercado financeiro” já usou 7% das reservas externas. Somente na semana passada, o dólar valorizou-se em 5%, apesar do BC ter gasto R$75 bilhões”, escreveu, em mais uma manhã em que o dólar abriu em alta.

O dólar iniciou a semana com alta de 0,65% – cotado para venda em R$ 3,7543 às 10h17. A moeda norte-americana oscila desde a semana passada, com a ação do Banco Central de anunciar mais US$ 10 bilhões em swaps cambiais (venda futura do dólar) para esta semana, após ter ofertado US$ 24,5 bilhões para conter a alta da moeda, informou a Agência Brasil.

Pochmann também teceu críticas a outras ações da gestão Temer. “Em apenas 2 anos, Temer condutor do neoliberalismo desmonta o sistema educacional brasileiro com medidas como o congelamento dos gastos públicos não financeiros (EC 95), a reforma do ensino médio e a Base Nacional Comum Curricular. Os sinais da regressão começam a se acumular”, disse.

De acordo com o economista, por causa do neoliberalismo do atual governo, o Brasil regride e passa a ser exemplo de país a não ser seguido no mundo. “Na reta final do governo Temer, o anúncio da venda da Braskem consolida a opção do receituário neoliberal pela desnacionalização do sistema produtivo e pelo entreguismo das riquezas do povo brasileiro. ”, publicou Pochmann.

Ele também não poupou o sistema financeiro, que continua a acumular lucros, enquanto a vida do trabalhador só piora. “Sistema bancário aplica a essência neoliberal: enquanto o PIB do Brasil variou 1% em 2017, o lucro dos 5 maiores bancos subiu 33,5% com o fechamento de 1,3 mil agências e a demissão de 14,1 mil empregados bancários”, destacou.

Do Portal Vermelho

Comentários: