Brasília, 21 de agosto de 2017 às 01:38
Selecione o Idioma:

Internacional

Postado em 09/08/2017 7:19

Senadora americana ataca Trump por suas ameaças à Coreia do Norte

.

Share Button
© AP Photo/ Ann Heisenfelt

A senadora democrata do estado da Califórnia, Dianne Feinstein, ex-presidente do Comitê de Inteligência, criticou as ameaças do presidente dos EUA, Donald Trump, que prometeu responder com “fogo e fúria” a possíveis provocações da Coreia do Norte.

“O isolamento da Coreia do Norte não deteve a sua busca por armas nucleares, além disso o presidente Trump também não está ajudando a resolver a situação com suas declarações bombásticas”, destacou.
John McCain, senador dos EUA
© AP PHOTO/ J. SCOTT APPLEWHITE
A política acredita que Washington deve “iniciar um diálogo de alto nível com Pyongyang sem qualquer condição prévia”, já que a diplomacia é “a única via sensata”.
Trump afirmou no dia 8 de agosto que a Coreia do Norte enfrentaria “fogo e fúria como o mundo nunca viu” caso o país prossiga com suas ameaças aos Estados Unidos.
A Coreia do Norte ameaçou em resposta lançar um ataque nuclear contra a base militar americana na ilha de Guam, no Oceano Pacífico.
Pyongyang realizou desde o começo deste ano 11 testes de mísseis balísticos, inclusive lançamentos de supostos mísseis intercontinentais capazes de alcançar a parte continental dos EUA.
Em 2016, a Coreia do Norte havia levado a cabo mais de 20 testes semelhantes, para além da quarta e quinta provas nucleares, não obstante as proibições do Conselho de Segurança da ONU.

Comentários: