Brasília, 19 de novembro de 2017 às 04:06
Selecione o Idioma:

África

Postado em 10/12/2016 11:35

Tropas tomam as ruas da capital de Gâmbia após presidente rejeitar derrota na eleição

.

Share Button
 © AP Photo/ AP/FOTOLINK
Militares tomaram as ruas de Banjul, capital de Gâmbia, após o presidente do país, Yahya Jammeh, rejeitar o resultado da eleição que o tiraria do cargo após 22 anos de poder.
O presidente eleito Adama Barrow afirmou ter o apoio das Forças Armadas. Vencedor do pleito realizado no último dia 1, ele disse à AFP que o próprio ministro da Defesa ligou para ele para dizer que seria leal ao novo chefe de Estado da mesma forma que foi ao atual.
“Ele disse que a segurança da nação é garantida pelas Forças Armadas. Ele disse que foi leal ao presidente Yahya porque ele havia sido eleito, e agora que eu fui eleito para o cargo pelo povo de Gâmbia, ele vai me apoiar”, declarou Barrow.
De acordo com o presidente eleito, citado pelo Channel 4, “o atual presidente não tem autoridade constitucional para rejeitar o resultado da eleição e ordenar que um novo pleito seja realizado”.  …

Mostrar mais: https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/201612107125715-gambia-presidente-eleicao/

Comentários: