Brasília, 16 de dezembro de 2017 às 13:40
Selecione o Idioma:

Brasil

Postado em 16/08/2016 6:28

Vaiado na abertura, Temer foge do encerramento da Rio 2016

.

Share Button
Temer foi vaiado durante a abertura da Olimpíada, em 5 de agosto
Depois daquele sonora vaia na abertura dos jogos olímpicos do Rio de Janeiro, em 5 de agosto, e das dezenas de manifestações pelo “Fora Temer” durante as competições, o presidente provisório informou por meio da Secretaria de Imprensa, nesta segunda-feira (15), que não comparecerá à cerimônia de encerramento da Olimpíada, no próximo domingo (21), no estádio do Maracanã.
Temer foi vaiado durante a abertura da Olimpíada, em 5 de agosto
A desculpa usada por auxiliares do interino é a de que a praxe na cerimônia de encerramento é o prefeito da cidade-sede, neste caso do Rio de Janeiro, transferir a “chave” dos Jogos Olímpicos para um representante da próxima sede – Tóquio, capital do Japão, receberá o evento em 2020. Sendo assim, argumentam os assessores, não haveria necessidade de o presidente em exercício participar.

De acordo com os assessores não é comum a presença de presidentes ou chefes de Estado na cerimônia de encerramento. Foi o que bastou para Temer vazar do evento. Mas o real motivo é a rejeição do povo brasileiro ao governo ilegítimo de Temer e seu gabinete golpista.

Segundo fontes, Temer está preocupado em agravar a já desgastada imagem pela reação do público, om o agravante do evento acontecer próximo a votação da última fase do processo de impeachment da presidenta eleita Dilma Rousseff.

Do Portal Vermelho, com informações de agências

 

Comentários: